ÚLTIMAS NOTÍCIAS

 


SINFA aguarda decisão sobre concurso/v02/detalhe_no


A direção do Sindicato dos  Servidores da Fiscalização Agropecuária (SINFA-MA) reiterou, recentemente, pedido de audiência à secretária de Estado da Gestão e Previdência, Lilian Guimarães, na qual voltará a cobrar providências para a realização do concurso público para cargos no Grupo AFA (Atividades de Fiscalização Agropecuária) na Agência Estadual de Defesa Agropecuária (AGED). O certame é esperado desde 2015, quando constatada carência de recursos humanos nos quadros da Agência em diagnóstico preparado pelo SINFA, com base em levantamentos dos delegados regionais.

De 2015 a 2017 a Lei Orçamentária Anual (LOA) dos respectivos exercícios alocou recursos para o concurso, mas o governo preferiu não realiza-lo. O sindicato analisa a falta de procedimento como justificativa para continuar contratando mão de obra terceirizada do INAGRO (Instituto de Agronegócios do Maranhão), empresa que mantém contrato com o Estado para cessão de trabalhadores.

Demandas – O concurso público para o Grupo AFA da AGED é uma das demandas da pauta de reivindicações da categoria. O pleito data de 2014, mas enfaticamente tem sido cobrado desde 2015, ano da posse do atual governo. O anúncio da realização já foi proclamado várias vezes, inclusive em janeiro de 2017, quando os líderes sindicais tiveram reconhecida a greve de novembro de 2016. A paralisação tinha, como pauta principal, a realização do concurso.

O sindicato tem insistido na discussão de outros pontos da pauta de reivindicação, como criação da Gafesa (gratificação de desempenho de atividade de defesa agropecuária), reajustes regulares de verbas indenizatórias, reestruturação física das instalações destinadas aos servidores e modernização dos equipamentos e sistemas eletrônicos de comunicação.

Balanço – Nos encontros com suas representações no interior e na capital, a direção sindical tem prestado contas das ações que correm na Justiça em defesa dos direitos da categoria. No Ministério Público Estadual e na Justiça do Trabalho tramitam pedidos para suspender contratação de terceiros para atividades-fim do Grupo AFA e exigência de procedimentos para realização do concurso público.

O presidente Saraiva Jùnior ouve reclamos e a eles se associa em relação a ações requeridas pelos servidores. “O que pedimos são atitudes que fortaleçam o trabalho da Agência, valorize a atividade do Grupo AFA e condições de trabalho que elevem a qualidade dos resultados das ações que, estrategicamente, nos competem. É para o bem da AGED e do Maranhão”, ressalta o presidente.

     
 
 
 
 
 
 

 

 
 
FACEBOOK



     
 
ARTIGOS RECENTES

     
  Em 2018, vencerá aquele que representar ‘inclusão’.
Antônio Britto

Lembrando a famosa eleição de Bill Clinton, em... Leia Mais

   
     
  SINFA: Juntos somos fortes.
Saraiva Junior

Esta semana faz um ano que o SINFA liderou movimento de paralisação... Leia Mais

   
     
  Capitalismo e Política II: Limites da democracia.
Maurício Abdalla

O verdadeiro bastidor da política é a economia e não os... Leia Mais

   
 

 
SOBRE O SINFA DIRETORIA NOTICIAS AREA DO FILIADO
ESTATUTO LEGISLAÇÃO ARTIGOS FALE CONOSCO
FILIAÇÃO CONVÊNIOS    

©2016 | SINFA - SINDICATO DOS SERVIDORES DA FISCALIZAÇÃO AGROPECUARIA DO ESTADO DO MARANHÃO
DESENVOLVIDO POR: WEBAG - AGÊNCIA DE WEBDESIGN